Segunda-feira, 10 de Julho de 2006

Quando...

Quando penso
que já sei tudo,
depois de tantos dias,
tantas caminhadas,
tanta vivência...
Depois de tantas noites,
tantos sonhos,
tanto sentimento...

Penso que tudo sei
e quanto mais eu penso,
mais eu sei o quanto esse tudo é nada
e ao pensar
descubro quão importante é o pensamento,
a definição de mim,
a revelação do universo,
o fervilhar do descontentamento,
da evolução insignificante,
repetitiva e irrelevante,
dum saber deslizante
como a água
que só tem essência
no seu movimento
e parando...sabendo,
é tão estéril
como o lodo dum charco.

Por isso prefiro não saber,
correndo em busca do mar da vida

publicado por A sonhadora às 22:04
link do post | comentar | favorito

.Novembro 2008

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
27
28
29
30
 

. “Ha pessoas que nos falam e nem as escutamos; há pessoas que nos ferem e nem cicatrizes deixam.Mas há pessoas que, simplesmente, aparecem em nossa vida e que marcam para sempre...


.

.

.posts recentes

. Nao me vou esquecer de ti

. ...

. abraço que ...

. ...

. Chegou o momento, o momen...

. Vazia!...por fora e por d...

. Quero acreditar em Mim!

. Certa lenda conta...

. Sinto-me sozinha...

. Gritar ... apetece-me!!!!...

.arquivos

. Novembro 2008

. Março 2008

. Setembro 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

blogs SAPO

.subscrever feeds